Mídia e produção cultural
Contato: poscom@jsfaro.net

Reações dos alunos ao final de uma aula do Póscom. Do júbilo à angústia, todos perguntam: "o que
será que estamos estudando?"
(imagem: 35 expressões, de Louis Léopold Boully, 1823-1828)
Contato:
poscom@jsfaro.net
______________________________

Ementa:

Análise das relações entre a produção da cultura midiática massiva e o universo dos valores que constroem socialmente a realidade. A disciplina pretende estudar o quadro histórico concreto em que se dá o processo de midiatização dos produtos culturais, os paradigmas de sua configuração ideológica e as tensões que tais produtos eventualmente reproduzem. As contradições decorrentes desse processo são vistas como evidências de subsistemas contra-hegemônicos de leitura e interpretação da realidade. A verificação das hipóteses teóricas e empíricas do enunciado nesta ementa se dará através da análise de textos de referência conceitual sobre a indústria cultural e da intepretação de produtos da cultura de massa em destaque na vida cultural brasileira.

Bibliografia básica – referências teórico-conceituais


 * BARTHES, Roland. Mitologias. Rio de Janeiro: 2009 (com minhas anotações, aqui)
* BORDIEU, Pierre. Sobre a televisão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar editor, 1997.
* BRIGGS, Asa e BURKE, Peter. Uma história social da mídia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar editor, 2004.
* COSTA LIMA, Luiz (org). Teoria da Cultura de Massa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

 * DEUZE, M. Viver como um zumbi na mídia. In Matrizes, ECA/USP, ano 7, n. 2, jul-dez 2013.
* EAGLETON, Terry. A ideia de cultura. São Paulo: Editora Unesp, 2005.
* GIDDENS, Anthony. Política, sociologia e teoria social. São Paulo: UNESP, 1998.

 * GONZALEZ, Jorge A. Frentes Culturales: para una compreensión dialógica de las culturas contemporáneas. In: Estudios sobre las culturas contemporáneas.  14, Colima – México.

 * HALL, Stuart. Identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DPA editora, 2006.
 * KELLNER, Douglas. A cultura da mídia. Bauru: Edusc, 2001.
* LIPOVETSKY, Gilles. Metamorfoses da cultura liberal. Porto Alegre: Editora Sulina, 2004.

 * MARCUSE, H. A ideologia da sociedade industrial. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1973.
* MARTIN-BARBERO, Jesus. Dos meios às mediações. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1997.
* MOTA, Luiz Gonzaga. Para uma antropologia da notícia. Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, volume XXV, no. 2. Intercom, julho/dezembro de 2002.
* MOTA GOMES, Itania Maria (org). Media & Cultura. PPGCom da UFBA, 2003.
* RIBEIRO, Lavina Madeira. Comunicação e Sociedade. Cultura, informação e espaço público. Rio de Janeiro: E-papers, 2004.
* RÜDIGER, Francisco. Os estudos de mídia e a problemática epistemológica da midiatização. Revista Intexto, UFRGS, ser-dez, 2015

 * SANCHÉZ PARGA, José. El culturalismo. Atrofia ou devastação do social. In: Perfiles latino-americanos n. 27, janeiro-junho, 2006.
* SANTOS, Boaventura de Sousa. Pela mão de Alice. São Paulo: Cortez Editora, 1999.
* HJARVARD, Stig. Midiatização: conceituando a mudança social e cultural. Revista Matrizes, ECA/USP, jan/jun, 2014


* Plano de ensino para o 2o. semestre de 2016 (trata-se de abstração mais administrativa do que pedagógica ou científica:  um plano de ensino com o conteúdo proposto desta disciplina caracteriza-se por sua flexibilidade e eventual inviabilidade).

A noite da madrinha_Introdução. Sérgio Miceli (Ler também a matéria da revista Cult com Miceli a respeito do pensamento de Bourdieu no Brasil: Bourdieu sou eu)

* Hebe Camargo no programa Roda Viva e Hebe entrevista Rodolfo Konder

Séries em streaming dão o tom de nova era de ouro da TV (Estadão)






TV sob demanda faz público ignorar grade de programação (Estadão)

House of Cards: A política ganha força nas séries de TV  (El País)

Séries: A era da explosão ‘seriéfila’ (El País)

House of Cards: A política ganha força nas séries de TV | Cultura | EL PAÍS Brasil (El País)

* Chutando o balde: representações do criminoso na série Breaking Bad (Contracampo)

O inquietante Breaking Bad (Outras Palavras)

Séries de televisão: “Escrevo para lidar com a ansiedade”, diz o criador de ‘Mad Men’ | Cultura (El País)

Por que precisamos de ‘Game of Thrones’ (El País)

São morais as séries de televisão? (El País)

18 teorias conspiratórias que o farão enxergar a televisão com outros olhos (El País)

* Rambo II: violento e polêmico retrato da Era Reagan (ESP, arquivo, 1985)
______________________________


  Textos de fundamentação teórica sobre as relações entre Mídia e Cultura:




Capitalismo tardio e sociabilidade moderna. João Manuel Cardoso de Mello e Fernando Antonio Novais (sobre o tema, assista aqui a entrevista de João Manuel Cardoso de Mello dada ao Café Filosófico e reproduzida no Youtube)





* Cultura da mídia: política e ideologia em Rambo. Douglas Kellner (consultar obra original)

A cultura da mídia e o triunfo do espetáculo. Douglas Kellner (Líbero).
______________________________
  Textos clássicos dos estudos sobre Cultura (o 4 primeiros foram extraídos do livro Teoria da Cultura de Massa, organizado por Luiz Costa Lima - Paz e Terra, Rio: 1990):


* Visão, som e fúriaMarshall McLuhan

* A indústria cultural. O iluminismo como mistificação de massa. Max Horkheimer e Theodor W. Adorno. 


* Estilo e meio no filmeErwin Panofsky

* A cultura no novo capitalismo. Richard Sennett
______________________________

  Recomendo a navegação frequente pelas seguintes páginas do blog História, Cultura, Comunicação




* Esfera pública e tecnologia

☛ Sugiro consultar também os textos disponíveis nesta pasta:

* Teoria e metodologia da Comunicação
______________________________


Entrega-se à primeira virtude do espetáculo: abolir qualquer motivo ou consequência; o que lhe interessa é o que se vê, e não no que crê
(Roland Barthes, O mundo do Catch)










______________________________